Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2009

Feliz Ano Novo

FELIZ 2010!

[Desculpem não actualizar o Blog, mas precisei de umas feriazinhas da Internet]

Escrito e Publicado por Filipa às 22:05
Link do Post | Incentivar | Ler os incentivos (5) | Adicionar aos Favoritos
Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

Maths :/

É hoje, é hoje. Repito para mim mesma. A sério, estou cheia de vontade de estudar. Acordei muito tarde. Já eram 11 horas da manhã quando me levantei. Fui à escola ver as minhas miseráveis notas. Graças ao esperado quatro a Matemática levei um sermão dos meus pais. Que divertido!

Então, aqui vai:

Educação Visual – 4

Ciências Naturais – 5

Ciências Físico-Químicas – 5

Língua Portuguesa – 5

Educação Física – 4

Geografia – 5

Matemática – 4

Francês – 5

E.M.R.C. – 5

Inglês – 5

História – 5

 

Até estão boas, tirando aqueles quatros terríveis. Para o próximo período vou levantar o quatro a Matemática, garanto-vos. E para isso, vou começar a estudar hoje mesmo. Estive a tocar piano durante muito tempo e agora vou estudar Matemática. Motivação!

 

Música: Tonight - Jonas Brothers
Sinto-me: Motivada
Escrito e Publicado por Filipa às 14:26
Link do Post | Incentivar | Ler os incentivos (13) | Adicionar aos Favoritos
Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

When you are taking a rest, the world becomes better

 

Hoje tive um dia fantástico. Provavelmente muitos de vós achariam que tive o dia mais aborrecido da minha existência, mas não. Na verdade, diverti-me muitíssimo a ler desde que acordei. E o que li? – Perguntam vocês. O livro “Para a Minha Irmã”. Terminei de o ler hoje, apesar de o ter recebido no Natal. Eu já tinha visto o filme, mas sem dúvida que o livro é muito melhor. Também, para uma fã do realismo como eu, um livro com pormenores bem específicos e uma história envolvente, é sempre melhor do que um filme em que se cortam partes fundamentais.

 

Sabem naqueles dias chuvosos e gelados em que só vos apetece enrolar-vos num cobertor a comer bolachinhas de chocolate enquanto vêem televisão? Bem, hoje é um desses dias. Deitei-me, com a manta malhada a aquecer-me, peguei num daqueles pacotes de bolacha Sweet de laranja da Chabrior e, bom, comi-o todo. Enfim, doze bolachas com uma camada de chocolate, geleia de laranja e, no fundo, bolacha, flutuam agora algures no meu estômago, esperando ter passagem livre para se acumularem na minha cara em forma de gordura [É muito estúpido, mas quando estou gorda, a minha cara está redonda, e o meu corpo está praticamente igual.]

 

Estive a escrever um bocadinho da minha história improvisada. Desenrola-se em vários países, na França, no Reino Unido, nos EUA e na Rússia. Se me apetecer, ou melhor, se a chegar a terminar, publicá-la-ei. Era para publicar hoje a minha surpresa, mas apeteceu-me fazer este post. Confesso que não tenho andado muito inspirada para comentar e responder aos comentários. Vou fazê-lo já a seguir, para não haver desculpas. Mas convinha que vocês também comentassem os meus. O Google Analytics registou uma descida muito intensa no número de visitas. Tal como os comentários, caíram para três míseras. Por favor, imploro-vos, comentem.

Sinto-me: Descansada
Música: Fly on the Wall - Miley Cyrus
Escrito e Publicado por Filipa às 17:52
Link do Post | Incentivar | Ler os incentivos (9) | Adicionar aos Favoritos
Domingo, 27 de Dezembro de 2009

Christmas 2009

Apercebi-me que com o passar dos anos, as pessoas vão dando cada vez menos atenção à época de Natal. Não sou aquela criança que irradiava alegria por todos os poros quando chegava a altura de abrir as prendas. Cresci, amadureci. O significado do Natal continua a aquecer-me o coração, afinal, sou uma rapariga religiosa. Mas a parte material já não me fascina. Aliás, quando chegou a hora de abrir as prendas, às nove da noite(graças à tenra idade dos meus primos e o facto de eles terem de se deitar cedo) deixei-me ficar sentada no sofá, junto ao meu pai, enquanto todos rodeavam o pinheiro e pegavam nos respectivos presentes. Depois, quando a confusão passou, dirigi-me lá, muito serena e peguei nas que me correspondiam:

  • Um piano – que já tinha aliás recebido;
  • O livro “Para a Minha Irmã” – Jodi Picoult;
  • O livro “Dezanove Minutos” – Jodi Picoult;
  • O livro “O Símbolo Perdido” – Dan Brown;
  • O livro “A Melodia do Adeus” – Nicholas Sparks;
  • Um perfume;
  • Uma pulseira Pandora;
  • Uma pulseira Purificacion Garcia;
  • Uns botins;
  • Roupa variada;
  • Um fio com uma cruz.

Então, comemos o tradicional bacalhau cozido com legumes e batata e, para quebrar a tradição, javali. Normalmente comemos polvo, mas este ano foi diferente. Sobremesas havia imensas, para todos os gostos:

  • Rabanadas;
  • Rabanadas de vinho;
  • Leite-creme;
  • Bolo-Rei;
  • Aletria;
  • Pão-de-ló;
  • Filhós;
  • Bolos de bacalhau;
  • Rissóis de carne e camarão.

Enfim, provavelmente havia mais, mas a minha memória não conseguiu registar tudo. Depois, fui à missa no dia 25, sendo que não me deitei tão tarde como previra. Foi um dia bastante bom, passado na companhia da minha família. Peço desculpa por não ter respondido aos comentários, nem comentado o vosso Blog mas tenho estado muitíssimo atarefada.

P.S. O Blog tem um novo visual, mas ainda não está terminado. Amanhã trago-vos uma surpresa, provavelmente.

Música: One and the Same - Demi Lovato & Selena Gomez
Sinto-me: Apaixonada
Escrito e Publicado por Filipa às 18:09
Link do Post | Incentivar | Ler os incentivos (6) | Adicionar aos Favoritos
Sexta-feira, 25 de Dezembro de 2009

Merry Christmas

FELIZ NATAL!

(Sim, foi um Post Pré-Editado, mas que importa. Ao menos desejei-vos Feliz Natal à meia-noite)

Escrito e Publicado por Filipa às 00:00
Link do Post | Incentivar | Ler os incentivos (5) | Adicionar aos Favoritos
Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009

It's Christmas

Sabem que dia é hoje? É o dia que antecede a véspera de Natal. Em minha casa toda a gente está ocupada com os preparativos para a noite mais especial do ano. A minha avó, com o seu avental bem apertado, colocou o bacalhau de molho e começou a preparar o polvo (porque aqui em casa, não é tradição comermos peru). O meu avô está encarregue de arranjar o quintal e colher alguns legumes para acompanhar o bacalhau. A minha mãe, dirigiu-se ao shopping center e está a fazer as últimas compras. O meu pai, está a arrumar a casa (embora, deixem que vos diga, com um pouco de preguiça). Por fim, eu estou a procurar aprender a tocar alguma música de Natal no meu piano, a etiquetar os presentes com aqueles autocolantes que dizem “From” e “To” e a preenche-los segundo a lista que a minha mãe me deixou. Durante a tarde, e o dia de amanhã, vamos cozinhar. Não poderão faltar filhós, aletria, tronco de Natal, rabanadas, mousse de chocolate, leite-creme, bolo de bolacha, entre outros. Como vêem, hoje e amanhã serão dias extremamente ocupados.

 

Quanto aos presentes, tendo em conta que recebi o meu piano, duvido receber muitos mais. Vou receber uma prenda de uma amiga da minha mãe, outras duas do meu padrinho (segundo fontes fiáveis – a minha prima), outra da minha tia Júlia (já andei a analisar o embrulho, e tenho a certeza que é um livro), outra dos meus tios Pedro e Lígia, uma da funcionária do escritório da minha mãe e o habitual dinheiro da parte dos meus avós.

 

Hoje chega a minha família: os meus tios e primos, o meu tio-avô que vem do estrangeiro, os meus avós e ainda o meu padrinho. Sim, vai ser super-divertido passar tempo com os adultos e ainda por cima ter que falar Inglês com todos os meus erros. Vêem, eu consigo ser irónica quando quero.

 

Amanhã à noite, e porque provavelmente amanhã não farei nenhum post, iremos jantar todos juntos, em minha casa, na sala de jantar. A mesa estará decorada com motivos natalícios e haverá ainda outra mais pequena, que suportará as sobremesas. Enquanto jantamos, o meu padrinho vai pedir-nos para desligar a televisão, e vão-se formar conversas paralelas (eu vou-me sentar bem perto dos meus primos. Sendo que eles são bebés, não têm tanto que falar como os adultos. Dispenso os comentários: “Ai, a tua carinha é tão redondinha. Parece uma bolachinha.”, “Estás tão alta, Filipinha. Deste um pulo desde a última vez que te vi.”, “Então namorados? Ouvi dizer que são às resmas.”, ou ainda da parte do meu tio do estrangeiro “Vamos lá falar um bocadinho de Inglês, para eu ver como isso anda.”). Depois ao lado da mesa, o meu pinheiro lindo, fantástico com prendas que vão até à porta e até ao tecto (sem exagero. Somos uma família muito dada ao consumismo). Às nove horas da noite, depois de jantar, as crianças vão começar a reclamar pelos presentes e a minha mãe, enfadada, vai vestir o fato de Pai-Natal que lhe fica muito largo, fazer uma voz grossa e distribuir os presentes. Depois, os meus primos vão começar a dizer: “É a Tia Lininha. O Pai Natal é a Tia Lininha.” e a minha mãe vai inventar desculpas esfarrapadas, convencendo-os que é mesmo o Pai Natal. À meia-noite, vou à missa do Galo porque me recuso a levantar no dia 25 de manhã e, quando voltar para casa, vou directamente para a cama.

 

Meu Deus, com este relato até parecia que eu não gosto do Natal. Mas gosto muito. Tirando a parte do consumismo. Detesto isso! Antes de começarmos a jantar, vou explicar ao Tiago e à Inês (dois e três anos, respectivamente) o que é o Natal e o Tiaguinho vai olhar para mim e dizer: “O Menino Jesus não é aquele senhor que está na igreja? Mas ele não é bebé, Filipa.”. E eu vou explicar-lhe novamente, tentando omitir partes demasiado complexas para a cabecinha dele. Enfim … a Raquel não vai passar cá o Natal e não tenho uma lareira, por isso este ano vai ser tudo uma seca.

 

Sinto-me: Tradicional
Música: Supermassive Black Hole - Muse
Escrito e Publicado por Filipa às 11:20
Link do Post | Incentivar | Ler os incentivos (6) | Adicionar aos Favoritos
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

Today was THE day

Já se sente o cheiro do Natal a invadir-nos. Este frio, que nos obriga a usar luvas, cachecol e gorro; as músicas de Natal que se ouvem nas ruas; a neve que insiste em cair (pronto, e derreter). Enfim, tudo indica que é Natal.

 

De manhã, acordei às 10h30. Não me lembrava de acordar tão tarde, mas soube-me tão bem. Depois, eu e uma amiga fomos dar a terceira dose da vacina contra o cancro do colo do útero. Não tenho pânico por agulhas, por isso não fiquei muito incomodada.

 

Depois de sair do centro de Saúde, estava a chover a cântaros e nenhum membro da minha família se dignou a atender o telemóvel. Então, corremos até ao snack-bar mais próximo, e almoçamos lá: um cachorro delicioso.

 

À tarde, estive a cozinhar sobremesas. Fiz leite-creme e outra sobremesa de banana cujo nome ainda não foi inventado. Estão as duas excessivamente doces, mas whatever!

 

Then, fui fazer compras de Natal. Aproveitei e coloquei a carta que tinha escrito ao meu amigo da Noruega, no correio. Não comprei nada, além de uma prenda para mim mesma. Umas luvas super-fofas, cor-de-rosa. Estava a mesmo a precisar e quando as vi, o meu instinto consumista despertou.

 

Agora, vou procurar a receita de Tronco de Natal e do Brigadeiro, para fazer amanhã à tarde. Sim, porque a manhã já a reservei para dormir.

 

P.S. Encontrei este vídeo na Internet e achei awesome. Confiram o David Fonseca a cantar a minha música de Natal preferida: Last Christmas.

 

 

 

Sinto-me: Natalícia
Música: Last Christmas - David Fonseca
Escrito e Publicado por Filipa às 17:22
Link do Post | Incentivar | Ler os incentivos (7) | Adicionar aos Favoritos
Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009

Plaquinha - Comentário 100

 

Parabéns à Rita, que escreveu o comentário número 100, aqui do Blog. Agradeço a todos os que comentam e visitam diariamente este blog. É um mimo para mim, ler os vossos comentários. Um obrigado muito especial à minha Diana que fez tão prontamente esta plaquinha, cinco minutos depois de eu lhe pedir.

Sinto-me: Satisfeita
Música: I Belong to You - Muse
Escrito e Publicado por Filipa às 20:35
Link do Post | Incentivar | Ler os incentivos (4) | Adicionar aos Favoritos

My piano has arrived

Não actualizei ontem, porque …

                                                                              … o meu piano já chegou.

 

Vocês não imaginam o quão perfeito ele é. Negro, enorme, com os seus pedais dourados e com a palavra YAMAHA sobre as teclas. Tem um toque maravilhoso, uns graves fantásticos e um banco aveludado. Os senhores que o venderam, novinho em folha, afinaram-no e o meu professor de música veio cá a casa vê-lo.

 

Bem, estive o dia todo a tocar nele, como devem imaginar. Hoje ainda vou à música, porque o meu professor vai-me dar novas músicas para tocar durante as férias.

 

À tarde, recebo um telefonema.

 

Eu: Sim?

 

xXx: Estás em casa, Filipa?

 

Eu: Estou, porquê, Paulo?

 

Paulo: Podemos ir experimentar o teu piano?

 

Eu: Claro que sim.

 

Paulo: Ok, até já.

 

E pronto lá recebi a visita de três amigos que tiveram a “desenferrujar” o piano. Até tocaram o Jesus Christ Superstar a quatro mãos. Enfim. Hoje vou passar o dia a tocar piano, mas vou também aproveitar e estudar um pouquinho de Matemática. X) Have a nice day!

 

Recebi uma plaquinha, há bastante tempo, por ser o comentário 120 no blog da Diana mydiarysecret.blogs.sapo.pt, mas só agora me lembrei de o publicar. Obrigada, Di, adorei!

 

 

P.S. O comentário 100 recebe uma plaquinha. E só faltam 9 comentários (11h52 21/12/2009)

 

Sinto-me: Excitada
Música: Sweet Dreams - Beyoncé
Escrito e Publicado por Filipa às 11:52
Link do Post | Incentivar | Ler os incentivos (10) | Adicionar aos Favoritos
Sábado, 19 de Dezembro de 2009

Piano, friends and Christmas

Ontem não actualizei o meu cantinho. Peço desculpa a todos, mas não estive mesmo em casa. Quer dizer, estive aqui durante cinco minutos, depois de almoço, que aproveitei para lavar os dentes. Vou-vos contar tudo o que aconteceu.

 

Não tenho a certeza de vos ter avisado, mas ontem foi o último dia de aulas. Nem se devia chamar assim, uma vez que nós não tivemos aulas, mas sim actividades de Natal. De manhã, erradamente, julgava que as aulas apenas começavam às 9 horas e não às habituais 8h30. Então, qual não foi a minha surpresa quando encontro o recreio vazio. Fui procurar na sala onde teria aula de História, e achei a minha professora e directora de turma e o meu professor de Português, que a foi apoiar. Enfim, passei uma vergonha, mas lá me consegui justificar. Seguidamente, encaminhámo-nos para o Centro Cultural onde se realizaria a festa de Natal. A minha turma, ou melhor, o meu turno, que é o de Música havia preparado duas canções de Natal e tocámos também o Titanic na flauta. Correu muitíssimo mal, mas não me importei minimamente, já que me havia posicionado atrás de uma pessoa mais alta que eu. E pronto, lá fomos almoçar na cantina da escola.

 

À tarde, fui para a música lavar e secar pratos e colocá-los na mesa. Depois, fomos todas às compras. Meu Deus, foi tão divertido. Na aula de formação musical, quando os rapazes se dignaram a aparecer, cantámos durante toda a hora e meia. Ou melhor, ensaiamos as músicas do nosso Musical. Seguidamente, foi a nossa fabulosa ceia à luz das velas. Até parecia um jantar romântico. Os rapazes, posicionados à frente das raparigas. Discursámos todos e depois o nosso professor falou um bocadinho sobre cada um de nós, referindo o nosso trabalho, personalidade, e dando conselhos para o próximo ano.

 

Hoje, foi o teatro da catequese. Correu muito bem, mas não vou entrar em pormenores. Depois disso, fui à música, estive com os meus amigos (falei com o Paulo sobre a festa de inauguração que tenciono fazer ao meu piano).

Por falar nisso, o meu piano vem amanhã de manhã. Yeees! Vai ser tão divertido. Estou ansiosa pela festa com os meus amigos.

 

Sinto-me: Ansiosa
Música: Hush, Hush - Pussycatdoll
Escrito e Publicado por Filipa às 19:09
Link do Post | Incentivar | Ler os incentivos (4) | Adicionar aos Favoritos

♫ Mais Sobre Mim

♫ Pesquisar

 

Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

♫ Último Post

1 - Questionando a Minha ...

♫ Arquivo

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

tags

todas as tags

Subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub