Quarta-feira, 17 de Março de 2010

Novo Mundo

Não sei porque decidi escrever um diário e, certamente que não sei o motivo pelo qual não o escrevi à mão, como tradicionalmente deveria ser feito. Aqui quero ser sincera, exprimir o que sinto e não ter receio de ser julgada, chorar por meio de palavras tristes, sorrir através de demonstrações efusivas de emoção. O meu nome é Ana, tenho 13 anos, apesar de já poder afirmar ter 14, uma vez que falta pouco mais de um mês para os completar. Podem julgar que sou demasiado jovem e imatura. Podem, se quiserem, criticar-me através de comentários desprovidos de paixão e humanidade. Mas eu ficarei, ou pelo menos continuarei a escrever o meu diário, ainda que não o divulgue por meios informáticos.

E para começar relato o meu dia: Acordei surpreendentemente cedo e levantei-me com uma energia invulgar. Escolhi a roupa, de forma meticulosa e atenta, e vesti-a num instante. Sentia-me estranhamente bonita. O meu cabelo estava minuciosamente esticado e cada peça de roupa fora escolhida de acordo com o que eu vestira no resto do corpo. Talvez por passar tempo em demasia a ver a Gossip Girl, criei um mundo fantasioso em que eu era minimamente importante na escola. Daí a escolha detalhada do meu vestuário e o cuidado com a minha aparência. Estava também ligeiramente atrasada, mas acabei por chegar a tempo às aulas, após ingerir demasiadas bolachas Chips Ahoy. Deprimente, eu sei, mas foi impossível resistir àquelas pepitas de chocolate consumadas para nos proporcionarem dois minutos no paraíso. Eu sou exagerada, mas elas são tão deliciosas. Uma vez na escola, assisti a um filme “O Nome da Rosa”, fiz avaliação de futsal e dispensei 45 minutos do meu precioso tempo a ouvir um engenheiro florestal a conversar acerca do aquecimento global. E querem saber a melhor? Gostei muito e fez-me pensar noutra perspectiva, digamos, mais amiga da natureza. Decidi ajudar a Nossa Mãe, plantando uma árvore e contribuir para a reflorestação da minha cidade. Mudando de assunto e regressando para a minha nova futilidade. Durante a escola, não me esqueci de manter as costas direitas e queixo erguido, de aplicar creme e pentear o cabelo depois de Educação Física. A minha melhor amiga também está decidida a ser popular.

Por falar em popularidade e, nomeadamente, em rapazes, há um rapaz que suscita muito o meu interesse. Chamemos-lhe Peter (apesar de o nome dele não ser, decididamente, este). Acontece que o Peter acha que eu sou fútil e que o meu cérebro está deserto. Ele fora meu amigo, outrora. Mas as minhas ex-melhores amigas, eram muito superficiais e más. E ele, julga que eu sou como elas. Bem, por algum motivo me hei-de ter afastado, certo? Ele viu-me na feira do livro e veio-me perguntar se eu lia. Eu respondi-lhe que sim e tivemos um longo debate acerca dos melhores livros. Enfim… foi agradável!

 

Peço desculpa por não escrever mais nada, mas tenho que ir embora. Amanhã há aulas. Boa noite, caros leitores. Adeus!

 

P.S. Comprei um livro chamado “Bons Sonhos, Meu Amor” da Dorothy Koomson. Pareceu-me ser bastante interessante.

Sinto-me: Sonolenta
Música: Lou Reed - Such a Perfect Day
Escrito e Publicado por Filipa às 21:32
Link do Post | Incentivar | Adicionar aos Favoritos
Incentivos:
De S a 24 de Março de 2010 às 00:39
tenho esse livro também para ler...
Não sei qual é o interesse de ser-se popular, não tem nada de especial...oara além de populariade não é sinal de inteligência e a gossip girl é apenas uma serie.
De Diiane a 21 de Março de 2010 às 18:56
Ah Ah 
SóComentoAgora! -.-'


MasComentem!


TextoFixe!


DoRestoJáSabes!


Bj
De Rita a 18 de Março de 2010 às 19:29
Não acredito que o Peter te ache assim tão fútil como pensas; afinal, tiveram uma conversa bastante agradável, certo? Isso fará a diferença com toda a certeza :)
I'm glad you're back :tt
Beijinhos

Incentivar

♫ Mais Sobre Mim

♫ Pesquisar

 

Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

♫ Último Post

1 - Questionando a Minha ...

♫ Arquivo

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

tags

todas as tags

Subscrever feeds